Buscar
  • Invento Online

Técnica Pomodoro: que tal aumentar a sua produtividade no trabalho e nos estudos?


A técnica Pomodoro é uma forma de gestão de tempo que pode ser aplicada para diversas tarefas, tanto nos estudos quanto no trabalho. Esse método de otimizar o tempo geralmente é voltado para pessoas procrastinadoras, aquelas que têm tendência a adiar suas atividades, mas também é muito útil para aqueles que não conseguem organizar suas atividades e por isso ficam ansiosos ao serem cobrados por terceiros como chefes, professores, colegas e clientes, por exemplo.


Desenvolvida em 1988 pelo italiano Francesco Cirillo, a técnica se baseia na ideia de que fluxos de trabalho divididos em blocos podem melhorar a agilidade do cérebro e estimular o foco. Utilizar o tempo como um valioso aliado, realizar o que queremos fazer e do jeito que queremos, capacita-nos continuamente a melhorar nossos processos.


E por que o nome dessa técnica parece nome de molho? É porque “pomodoro”, em italiano, significa “tomate”. É que o nome foi escolhido depois que o Cirillo usou um daqueles cronômetros de cozinha com o formato de um tomate para gerenciar o seu tempo, sabe? Mas conforme seu livro, “The Pomodoro Technique”, ao usar esse método é possível saber não só a quantidade de atividades que são feitas, como também a qualidade. Além disso, pode-se medir o que está atrapalhando a realização destas tarefas.


Você já ouviu falar dessa técnica ou já aplicou algo parecido às suas atividades?


Não se preocupe que a gente explica direitinho pra você logo abaixo. Mas antes, anote o que precisa para usar essa técnica:


  • Um timer ou despertador (pode ser do celular em modo silencioso);


  • Papel ou bloco de notas no computador/celular para escrever as atividades a serem realizadas.


Mas como é a técnica Pomodoro em si? Como aplico ela?


O conceito do Pomodoro é que a pessoa que vai estudar ou executar uma tarefa demore, exatamente, 25 minutos. Concluindo-a ou não, deve-se parar e descansar 5 minutos.


1. Faça uma lista com as tarefas que estão pendentes;


2. Programe o seu cronômetro para 25 minutos;


3. Escolha uma das tarefas e trabalhe nela sem interrupções (não vale olhar mensagens de texto, por exemplo);


4. Quando o despertador tocar, faça uma pausa de 5 minutos (aqui vale qualquer coisa que te ajude a relaxar como fazer um alongamento, olhar suas redes sociais, comer uma fruta, etc). Aproveite para beber água também;


5. Retome o trabalho depois da pausa para mais um “pomodoro” (fatia de 25 minutos);


6. Risque a tarefa da sua lista depois que terminá-la;


7. A cada quatro “pomodoros” de 25 minutos, faça uma pausa mais longa de 15 a 30 minutos até voltar ao trabalho.




Durante o tempo de descanso é interessante não fazer nada que requeira muito esforço mental. Caso contrário, sua mente não será capaz de reorganizar e integrar o que você aprendeu. Como resultado, você não será capaz de dar ao próximo Pomodoro o seu melhor esforço.


O interessante da técnica Pomodoro é que toda vez que for interrompido por algo ou alguém, você deve anotar. Cirillo aconselha escrever uma apóstrofe ao lado da atividade toda vez que acontecer uma interrupção.


As interrupções podem ser internas ou externas. As internas são aquelas cometidas por você mesmo, como pensar em algo, sentir fome, precisar ir ao banheiro, etc. As externas são quando outras pessoas ou acontecimentos atrapalham sua atividade, como alguém te chamar ou o telefone tocar com chamadas ou recebimentos de mensagens.


Caso siga o conselho de Cirillo de anotar todo tipo de interrupção, você poderá medir quantas e em quais situações realmente é necessário parar uma atividade. Você também poderá descobrir o que tira sua concentração e foco.


Segundo Cirillo afirma no seu livro, a técnica Pomodoro oferece vários pontos positivos. Veja alguns deles:


  • Alivia a ansiedade;


  • Aumenta o foco e a concentração por meio da redução das interrupções;


  • Aumenta a conscientização das decisões;


  • Aumenta a motivação e mantém-na constante;


  • Reforça a determinação para atingir os objetivos;


  • Melhora o processo de trabalho ou estudo;


  • Reforça sua determinação de continuar a aplicar-se em face de complexas situações.


Interessante, não é? Será que esse tipo de técnica funciona para você? Aqui na agência é comum recebermos todo tipo de estímulo externo durante a realização de uma tarefa, então a técnica pode ser uma maneira muito produtiva de realizar os jobs com mais concentração e velocidade.


Então fica a nossa dica: se precisar, faça ajustes que funcionem melhor pra você, como aumentar um pouquinho o tempo de descanso entre cada pomodoro ou tomar nota de ideias ou outras coisas que surgirem durante a realização da tarefa para que não esqueça depois. O importante é que se sinta bem e que possa realizar suas tarefas de forma eficiente, reduzindo o cansaço e a ansiedade.



#tecnicapomodoro #pomodoro #pomodore #marketing #inventoonline #produtividade #gestaodetempo #franciscocirillo


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo